Visto Schengen

Se o seu país não faz parte dos países qualificados para a dispensa de visto ETIAS, isso significa que você provavelmente precisará de um Visto Schengen. Saiba mais sobre viagens para a Europa com um Visto Schengen.

INFORMAÇÕES SOBRE PAÍSES COM VISTO SCHENGEN

Um total de 26 países formam o Espaço Schengen, através de um acordo mútuo que permite a livre movimentação de todos os cidadãos do Schengen, removendo as fronteiras internas e reforçando as externas. 22 desses países são membros da União Europeia, enquanto os outros 4 fazem parte do EFTA (Associação Europeia de Livre Comércio). Além dos 26 países do Espaço Schengen, três microestados também fazem parte dessa área. Um visto Schengen também concede entrada nos seguintes microestados:

  • Vaticano
  • Mônaco
  • San Marino

Irlanda, Romênia, Bulgária, Croácia e Chipre fazem parte da União Europeia, mas não participam do acordo do Schengen. Você vai encontrar abaixo as informações detalhadas sobre os vistos de curta duração para cada um desses países.

Veja a seguir a lista de Estados-Membros do Schengen que vão exigir aos cidadãos não-Europeus, que atualmente não precisam de visto de entrada de curta estadia, a inscrição para a autorização de viagem ETIAS, no caso de viajarem para qualquer um dos países do ETIAS listados abaixo:

ESTES SÃO OS PAÍSES QUE EXIGIRÃO UM ETIAS VÁLIDO NA CHEGADA

Atualmente, há 22 países europeus que fazem parte do Espaço Schengen:

Estados-Membros fora da União Europeia:

  • Islândia
  • Liechtenstein
  • Noruega
  • Suíça

Microestados que fazem parte do Espaço Schengen:

  • Mônaco
  • San Marino
  • Vaticano
  • EU Schengen Area
  • Non-Schengen EU States
  • Non-EU Schengen States

Além dos 26 Estados que fazem parte do Schengen, existem 6 membros da União Europeia fora do Schengen:

REINO UNIDO E IRLANDA DO NORTE

A maioria dos cidadãos de países isentos de visto para o Espaço Schengen também podem entrar no Reino Unido sem a necessidade de fazerem uma inscrição prévia para o visto. Estes países são:

  • United States
  • Canada
  • Australia
  • Argentina
  • Mexico
  • Brasil
  • Japan
  • South Korea

IMPORTANT NOTE
Citizens from the countries listed above do not require a visa when traveling to the United Kingdom for a short-term stay of a maximum of 90 consecutive days.

Even though no previous visa application is required, travelers should be able to provide proof of sufficient financial means or an official current residential address document at the passport control check. Following is a list of the types of documents that will allow the border control officers to better determine the traveler’s eligibility to cross the British border:

  • A bank statement or an official letter from the applicant’s employer with proof of earnings will help prove the traveler’s financial situation and ability to support themselves, while in the U.K.
  • Proof of legal residence such as residential card or a bill with the traveler’s name and address clearly visible
  • Proof of employment or ongoing studies
  • Travelers who are under 18 years of age are advised to provide a birth certificate as well as a letter from their parents, confirming the reason for the trip such as: living arrangements and financial situation, a copy of the parent’s passports may be required

These are the general border crossing regulations for citizens of visa-exempt countries. Similar type of proof is asked of Standard Visa applicants for the U.K.

Republic of Ireland

Republic of Ireland is still not part of the Schengen Area. However, there is a rather large number of countries whose citizens can enter Ireland without having to apply for a visa. These countries are:

  • United States
  • Canada
  • Argentina
  • Brasil
  • Taiwan
  • South Korea
  • Japan, and more.

Although citizens from the countries mentioned above currently do not need a visa to travel to Ireland, it is very probable that in the near future that will change and they will require an ETIAS visa waiver to cross Ireland’s border. To learn more about the visa regime in Ireland, visit the official Department of Foreign Affairs and Trade’s website.

Romania

Similar to the rest of countries on this list, Romania is not yet part of the Schengen Area. However, Romania is a member of the European Union. The Romanian Government has decided to authorize foreign nationals who have a Schengen visa to enter Romania for a short-term stay, as long as they have they meet all of the requirements.

US citizens are not required a visa to enter Romania for a period of up to 90 days, every 180 days (6 months). However, once the ETIAS application is implemented and operational, this will change and citizens from countries that currently do not need a visa to enter Romania, including the US, will need to apply for an ETIAS visa.

Bulgaria

On January 25, 2012, the Bulgarian Government decided that all Schengen visa holders may enter and exit Bulgaria freely. However, there are a few requirements to be followed:

  • Third country nationals must carry a valid Schengen visa
  • The number of entries and time they may remain in Bulgaria may not exceed what the validity of the Schengen Visa.
  • Those who have exceeded the number of entries and/or days to remain within the Schengen Area stated in their Schengen Visa will not be allowed in Bulgaria with that same visa
  • A valid short-term national visa for Ireland, the UK, Cyprus, Romania or Croatia will not allow its holder to enter Bulgaria.

Once the ETIAS travel authorization system is implemented all citizens from the 59 countries, including the US, who currently do not need a visa for Bulgaria, will be required to complete an ETIAS online application.

Croatia

Croatia is one of the few countries that does not require visas from US, Canada, New Zealand, Australia and EU nationals even before joining the European Union in 2013. Currently there are over 50 other countries that can enter and exit Croatia without a visa, but because Croatia is part of the ETIAS agreement, this will soon change, and citizens from the visa waiver countries will need to apply for an ETIAS travel authorization.

Cyprus

Cyprus, similar to the rest of the countries in the non-Schengen European list, does not require citizens from over 50 different countries to apply for a visa before their trip to any of the Schengen Member States. However, this is about to change and soon they will also require an ETIAS visa from all visitors.

There are 4 Non-EU Schengen States:

  • Iceland
  • Norway
  • Switzerland
  • Liechtenstein

There are 3 countries, that are not part of the Schengen Area or the European Union but have opened their borders to Schengen members:

  • Mónaco
  • San Marino
  • Vatican City

TIPOS DE VISTO SCHENGEN

Um visto Schengen, emitido por qualquer um dos Estados-Membros do Schengen autoriza os seus portadores a viajarem livremente e atravessarem as fronteiras internas de quaisquer países da UE Schengen. Isso também concede o direito de entrar em todos os países do EFTA Schengen. Os países membros da União Europeia que não fazem parte dos países Schengen também concedem a entrada livre de visto aos cidadãos de outras nacionalidades, desde que eles portem um visto válido no Schengen e o país europeu não-Schengen possua um acordo de dispensa de visto com aquele determinado país (encontre acima as informações por país).

Há 3 tipos de visto Schengen:

1.- VISTO UNIFORME SCHENGEN (USV)

O Visto Uniforme Schengen é uma permissão emitida por um dos países membros do Espaço Schengen, para permanência no país desejado no Schengen por um máximo de 90 consecutivos, a cada 3 meses da data de entrada. O USV também pode ser usado como um visto de trânsito.

Há 3 subcategorias do Visto Uniforme Schengen:

  1. Single-entry visa: Este Visto Uniforme Schengen permite ao seu portador a entrada em um país Schengen uma única vez, por um determinado período de tempo. Depois que o visitante estrangeiro sai do país, o visto expira automaticamente.

  2. Visto de entrada dupla: A regulamentação mencionada acima também se aplica ao visto de entrada dupla. A única diferença é que o portador de um visto de entrada dupla pode entrar duas vezes em um Estado-Membro do Schengen. Após a segunda saída (cruzando pela segunda vez uma fronteira externa do Schengen), o visto expira automaticamente.

  3. Visto de múltiplas entradas: Portadores de um visto de múltiplas entradas podem entrar e sair dos Estados-Membros do Schengen por quantas vezes quiser durante o período de validade do visto. No entanto, a estadia deles não pode exceder 90 dias consecutivos a cada 6 meses, contados a partir da data de entrada em um país Schengen vindo de um Estado não-membro do Schengen.

2.- Visto de Validade Territorial Limitada (LTV)

Portadores do LTV apenas podem entrar no Estado-Membro do Schengen que tenha emitido o visto. Eles não estarão aptos a entrar em nenhum outro país do Schengen, a menos que isso seja previamente autorizado durante o processo de solicitação do visto. Os portadores de um visto do tipo LTV não podem entrar nem para trânsito em qualquer outro país que não aquele que emitiu o visto.

3.- VISTO NACIONAL

Os Vistos Nacionais são concedidos aos indivíduos que estarão estudando, trabalhando ou morando permanentemente em algum dos países do Espaço Schengen. Em circunstâncias normais, o Visto Nacional é um visto de entrada única por um período limitado e que cobre a exata finalidade do solicitante do visto, seja ele relativo a trabalho ou estudos.

Os requisitos para se inscrever para um Visto Nacional de entradas múltiplas são os seguintes:

  • Um documento oficial, confirmando o programa de educação internacional com o máximo de 1 ano de direito permanência.
  • O candidato está se inscrevendo para um trabalho pedagógico em um centro de pesquisas e educação de importância elevada.
  • O candidato é um profissional que esteja viajando pela Europa devido à sua proficiência em esportes, artes ou qualquer outra profissão, relacionada ao compartilhamento de expertise na área.
  • Uma emergência impede que o indivíduo retorne a seu país de origem e é necessário permanecer no Espaço Schengen por um período específico de tempo.

REQUISITOS PARA VISTO SCHENGEN DE TURISTA

A seguir, apresentamos um guia dos requisitos gerais para um visto Schengen. No entanto, é recomendável consultar a embaixada ou consulado local para mais informações sobre cada inscrição, bem como para saber onde será realizada a entrevista sobre o visto Schengen.

  • Concluir e assinar o formulário de inscrição para o visto..
  • Anexar uma foto recente adequada ao estilo de passaporte, que mostre uma visão completa, clara e frontal de seu rosto, com um fundo branco fosco.
  • O passaporte do passageiro juntamente com fotocópias de todos os vistos Schengen anteriores. O passaporte deve ter ao menos 2 páginas em branco e ser válido por um mínimo de 3 meses, antes da data de partida.
  • Reservas indicando ida e volta, tais como hotéis/quartos/voos, com os respectivos números de identificação de cada reserva. As informações de voos devem claramente indicar as datas de entrada e saída do viajante no Espaço Schengen.
  • Um seguro de viagem, cobrindo todo o período da viagem dentro dos Estados-Membros do Schengen.
  • Comprovante de meios financeiros suficientes para o próprio sustento durante a viagem.
Notícias FAQ
Top

Ao utilizar nossa página web você aceita a nossa política de cookies. Clique aqui para mais informação. Eu aceito